Perícia policial confirma que Holiday sofreu tentativa de homicídio

O vereador Fernando Holiday, membro ativo do Movimento Brasil Livre, sofreu um atentado nesta quarta-feira. Todo o ocorrido se deu sob uma confusão na Câmara Municipal de São Paulo.

O pano de fundo do acontecimento foi a votação do projeto da reforma municipal da previdência, a qual foi aprovada e contou com Holiday como relator.

Conforme informa o MBLNews “Durante a votação diversos manifestantes vandalizaram a fachada do prédio e atiraram diversos objetos contra os policiais da Guarda Civil Metropolitana (GCM) na tentativa de pressionar os demais vereadores a votarem contra o projeto que segue para sansão do prefeito Bruno Covas (PSDB)”.

Conforme o resultado foi divulgado, Holiday e sua equipe teriam subido ao quinto andar da Câmara, a fim de observar a manifestação que seguia ocorrendo em frente ao prédio, foi quando ouviu-se um estouro e os ocupantes da sala perceberam que o vidro de uma janela próxima estava estilhaçado.

A perícia técnica, acionada pelo próprio Holiday, confirmou que se tratou de um tiro, e o vereador se encaminhou ao 1º DP da Polícia Militar na Sé, para registrar um boletim de ocorrência.

Informação do MBLNews.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

1 Comentário em Perícia policial confirma que Holiday sofreu tentativa de homicídio

Deixe uma resposta