Colômbia inicia movimentação para que países não reconheçam governo ditatorial da Venezuela

Uma movimentação bastante forte e concisa, iniciada pelo governo da Colômbia, quer que países defensores da democracia não reconheçam como legítimo o governo ditatorial de Nicolás Maduro.

O pedido foi feito pelo próprio presidente da Colômbia, Iván Duque, um ferrenho opositor e por diversas vezes alvo de ofensas por parte de Maduro.

Duque sugere que os países retirem seus embaixadores da Venezuela, em resposta ao evento do dia 10 de janeiro, quando Maduro assumira um “novo mandato” presidencial.

Informação dO Antagonista.

3 Comentários em Colômbia inicia movimentação para que países não reconheçam governo ditatorial da Venezuela

  1. Espero que Bolsonaro tome a iniciativa de tirar todas as embaixadas destes países ditatoriais, é uma vergonha para o mundo em pleno século XXI terem povos aprisionados sem direito a nada inclusive passando as necessidades mais prementes. A Colômbia esta no caminho certo, mesmo porque, ter relações comerciais com eles é LEVAR CALOTES, não vale a pena de jeito nenhum.

  2. Mundo frouxo maldito! Por isso esses ditadores deitam e rolam! aremedando com deboche, ironia, cinismo e sarcasmo: … ia de fato arremedar, más estes filhos da puta não deixam a gente copiar e colar o texto e não vou copiar manualmente pois teria que ir e voltar constante lá em cima, memorizar o trecho pretendido para copiá-lo na íntegra aqui embaixo, o que demoraria muito.

Deixe uma resposta