Gleisi diz que Bolsonaro quer voltar com a escravidão

Na tentativa de aparecer, Gleisi Hoffmann afirmou que Bolsonaro quer a volta da escravidão no Brasil. Sua alegação se baseia no posicionamento do futuro presidente em extinguir o Ministério do Trabalho.

“Por isso impediram Lula de ser candidato: para implantar na plenitude a cultura da chibata nas relações trabalhistas. Além de destruir o Ministério do Trabalho, uma conquista dos anos 1930, o plano de Bolsonaro e dos poderosos é fazer o Brasil retornar 130 anos na história, aos temos anteriores à Lei Áurea. Porque, como pensa Bolsonaro, traduzindo as nossas elites retrógradas, ‘é horrível ser patrão no Brasil’, quando se tem de tratar trabalhadores como cidadãos” afirmou a petista.

Na realidade, o ministério do Trabalho não será extinto no todo, e sim dividido entre secretarias do ministério da Economia. O futuro secretário especial da Previdência, Rogério Marinho, que quando deputado trabalhou pela reforma trabalhista, cuidará das relações do trabalho e fiscalização. Os sindicatos ficarão nas mãos de Sergio Moro no ministério da Justiça.

Informação do MBLNews.

 

11 Comentários em Gleisi diz que Bolsonaro quer voltar com a escravidão

  1. Essa louca descompensada, a exemplo de sua funesta ideologia, é capaz de falar as piores insanidades pra tentar manipular a população em favor da famigerada quadrilha que desgovernou o país nos últimos 16 anos.
    Eles não se conformam com a perda do poder e privilégios: em breve vomitará novas bobagens.
    Eles não conseguem entender: os ex-petistas os odeiam muito mais que os antigos adversários.

  2. Somente precisamos de um pouquinho mais de paciência, depois da PRISÃO da Gleise tudo voltará ao normal. Serão tempos de muito sossego, de Paz Profunda, Zen à beça, iremos ouvir somente músicas para meditação, descanso, não haverá mais pesadelos, HAVERÁ PAZ NO MUNDO.- OS BANDIDOS ESTARÃO PRESOS. .

    • ,,,, mas isso não é referencia para petistas. Só serve do lado que interessa a eles. Eles estavam a caminho de escravizar os brasileiros com as leis comunistas que poucos conhecem e não se interessam em conhecer.

Deixe uma resposta