Moro declara “Nunca aceitaria uma posição no governo se visse o menor risco de discriminação contra as minorias”

O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, declarou em um evento em Madri que não vê “no presidente eleito um risco de autoritarismo ou risco de democracia”.

Moro também precisou reafirmar que “nunca aceitaria uma posição no governo se visse o menor risco de discriminação contra as minorias”.

Espera-se que a imprensa escute e pare de transmitir essas informações falsas sobre a conduta de Jair Bolsonaro.

Moro ainda aproveitou para minimizar antigas declarações de Bolsonaro.

Diz o futuro ministro: “As pessoas às vezes fazem declarações infelizes, isso não significa que se traduzirão em políticas públicas concretas e não há nada que indique que serão adotadas políticas discriminatórias contra as minorias no Brasil”.]

Informações dO Antagonista