A mando da ditadura, médica cubana diz ter feito campanha para Haddad

Recentemente foi divulgado um escândalo de proporções internacionais onde os médicos cubanos que atuaram aqui no Brasil confessaram receber treinamento para não só doutrinar os brasileiros com propaganda do regime comunista, mas também para, caso recebessem a ordem de Havana, pegar em armas para defender o governo de aliados do regime cubano.

Agora segue-se mais um desdobramento da situação terrível em que o PT colocou os brasileiros e os escravos cubanos.

A médica Tatiana Carballo Gomez afirmou ter feito campanha para o PT, sob ordens diretas do governo cubano. E mais, ela relatou precisar de permissão para encerrar a “missão oficial”.

Informações dO Antagonista.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em A mando da ditadura, médica cubana diz ter feito campanha para Haddad

  1. ISSO É O QUE DÁ UM PAÍS LIVRE SE ASSOCIAR COM UMA DITADURA…… E AINDA TEM BRASILEIRO QUE RECLAMA DA ATITUDE DO BOLSONARO EM REVER O CONTRATO FAJUTO CELEBRADO PELO GOVERNO DILMA E A DITADURA CARIBENHA…..NESSA MOITA AINDA TEM MUITOS COELHOS…

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. A mando da ditadura, médica cubana diz ter feito campanha para Haddad – TÁ LÁ na Rede

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.