Procurador da Lava Jato desabafa “STF tem oportunidade de mostrar que corrupção é levada a sério no Brasil”

O procurador e integrante da Lava Jato, Roberson Pozzobon, publicou em seu twitter uma mensagem em que coloca em jogo tudo o que a decisão do STF sobre o decreto de Michel Temer pode causar à sociedade brasileira.

Segue a conclusão da mensagem do procurador: “Se é verdade que nós temos uma situação carcerária sensível no Brasil, muito grave, também é verdade que não queremos resolver esse fenômeno complexo com a simples abertura de portas de cadeia Brasil afora, liberando criminosos que praticaram delitos muito graves. O que o Supremo pode fazer, portanto, é passar uma mensagem à sociedade, mantendo a decisão do ministro [Luís Roberto] Barroso, de que réus de colarinho brancos, quando investigados, descobertos, processados, condenados e, quando estejam cumprindo pena, eles vão cumprir a pena estabelecida em lei, em sua maior medida, e não um simulacro de pena – uma pena de 20%, que é a proposta do decreto de indulto do ano passado. Basicamente, a mensagem que se pode passar é se nós levamos ou não o combate à corrupção a sério em nosso país.”

O julgamento seguirá nesta quinta-feira, e o Brasil precisa ficar bastante esperto com o resultado.

Informação dO Antagonista.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.