PT entra na justiça para manter Sergio Moro como juiz

O líder do PT na Câmara, o deputado Paulo Pimenta, protocolou no CNJ, Conselho Nacional de Justiça, um pedido para que a exoneração de Sergio Moro seja anulada.

O motivo alegado são os processos de cunho administrativo que o PT moveu contra Moro no CNJ. A principal reclamação dos petistas foi o fato de Moro ter mantido o “processo de Lula sob seu controle, por meio da sua juíza substituta”.

O depoimento de Lula para a juíza Gabriela Hardt, a substituta interina de Moro, colocou uma juíza ainda mais rígida na frente do ex-presidente, e não foram poucas as vezes em que Lula e seus advogados precisaram ser repreendidos por conduta inoportuna durante o procedimento judicial.

A exoneração de Sergio Moro foi deferida de maneira imediata pelo desembargador Thompson Flores, presidente do TRF-4, corte à qual a 13ª Vara Federal de Curitiba está vinculada.

Informação do UOL.

14 Comentários em PT entra na justiça para manter Sergio Moro como juiz

  1. Esses petistas são muito ignorantes mesmo, mal informados, Pensam que a juíza substituta é do ex-juiz titular Moro e não do Juízo. Imbecís, ela é substituta da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba e não tem nenhum vínculo de subordinação ao ex-juiz Moro que, não sendo mais juiz federal, porque se exonerou, todas suas representações contra ele no CNJ perderam o objeto. Vão chorar na cama, cambada !!

  2. PTzda continua achando que está no poder! Não caiu a ficha ainda. Imagine só, pedir para cancelar a exoneração!!! Isso já ultrapassou as raias do ridículo.

Deixe uma resposta