PT entra na justiça para manter Sergio Moro como juiz

O líder do PT na Câmara, o deputado Paulo Pimenta, protocolou no CNJ, Conselho Nacional de Justiça, um pedido para que a exoneração de Sergio Moro seja anulada.

O motivo alegado são os processos de cunho administrativo que o PT moveu contra Moro no CNJ. A principal reclamação dos petistas foi o fato de Moro ter mantido o “processo de Lula sob seu controle, por meio da sua juíza substituta”.

O depoimento de Lula para a juíza Gabriela Hardt, a substituta interina de Moro, colocou uma juíza ainda mais rígida na frente do ex-presidente, e não foram poucas as vezes em que Lula e seus advogados precisaram ser repreendidos por conduta inoportuna durante o procedimento judicial.

A exoneração de Sergio Moro foi deferida de maneira imediata pelo desembargador Thompson Flores, presidente do TRF-4, corte à qual a 13ª Vara Federal de Curitiba está vinculada.

Informação do UOL.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

13 Comentários em PT entra na justiça para manter Sergio Moro como juiz

  1. Esses petistas são muito ignorantes mesmo, mal informados, Pensam que a juíza substituta é do ex-juiz titular Moro e não do Juízo. Imbecís, ela é substituta da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba e não tem nenhum vínculo de subordinação ao ex-juiz Moro que, não sendo mais juiz federal, porque se exonerou, todas suas representações contra ele no CNJ perderam o objeto. Vão chorar na cama, cambada !!

  2. PTzda continua achando que está no poder! Não caiu a ficha ainda. Imagine só, pedir para cancelar a exoneração!!! Isso já ultrapassou as raias do ridículo.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.