Senado corta fundo de educação e saúde após aumento de salário do STF

O Senado Federal foi alvo de polêmica nesta semana. Primeiramente por ter votado com urgência o aumento de salario para os membros do Supremo Tribunal Federal e para a Procuradoria-Geral da República, e na sequencia por ter cortado uma das fontes de financiamento do Fundo Social do Pré-Sal.

Em informação do Estadão, o corte foi de 50% do montante e foi destinado para a expansão de gasodutos e participação de Estados e Municípios. A medida, no entanto, precisará ser aprovada na Câmara dos Deputados.

O advogado Rubinho Nunes entrou com uma Ação Popular contra o Senado Federal, e pediu a suspensão do aumento salarial dos Ministros do STF. A ação, que tramita na 6ª Vara Federal de Campinas é fundamentada na afronta da Lei de Responsabilidade Fiscal, no princípio de moralidade e na defesa da dignidade de todos os brasileiros.

Fonte: MBLNews.

Siga-nos no Facebook

5 Comentários em Senado corta fundo de educação e saúde após aumento de salário do STF

  1. Pois é, os padroeiros dos corruptos STF, realmente não tem o menos pudor moral e nem mesmo caráter, há que se instituir um teto unificado a todos, assim como acontece para nós contribuintes do INSS, inclusive com relação a aposentadoria. Desde de 1988 não sei quantas vezes acharcaram a nós aposentados, me lembro que em 1999 eu poderia me aposentar, dai, modificaram e acrescentaram mais anos de espera, alem disso, ninguém consegue se aposentar com o minimo de ganhos porque a média é dos últimos 60 meses o que não acontece com o funcionários públicos e ai vem de novo nova reforma do INSS. Sim, somos culpados pela má gestão de todos os governos e suas roubalheiras, tanto é que, para aumentar os seu próprios salários cortam verbas da educação, o negócio é manter o povo mais analfabeto do que já é,assim, evita oposição. É uma pouca vergonha um judiciário agir dessa maneira descaradamente, caberia aqui um julgamento da população, mas, os ministros são indicados e pode ser qualquer um sem que nós possamos sequer reagir, tomara Bolsonaro tome futuramente uma atitude sensata contra essas mazelas, tenho certeza que existem opções, o único senão é que o congresso também tem que aprovar. Enfim, ao que se vê a maioria que nos governa são totalmente APÁTRIDAS.

    • Deputados e senadores corruptos não pretendem se indispor com o Supremo pq correm risco de serem enjaulados rapidamente. O relacionamento entre esses poderes é de troca. Me dá o que estou pedindo que dou um jeitinho de, no mínimo, deixá-lo em prisão domiciliar.Na minha opinião ministros do supremo deveriam prestar concurso pq, para fazer o que fazem, qq advogado “chave de cadeia” faz muito melhor.

  2. Revoltante esse nosso país as leis so valem para os ricos aumentam o salário quem tá passando fome é o povo vocês já ganham muito tinham é que baixar os salários dos ministros do stf.

    • Povo passivo, governo corrupto, diz o velho clichê, aqui apropriadamente empregado.

      Não faço eco a equivocada visão dos que responsabilizam o Brasil por tudo que é de mal feito, tudo que não presta. O país, enquanto território, é o conjunto dos estados, cada qual com suas especificidades, inclusive climáticas, riqueza das características étnicas, e potenciais de riqueza, ou seja, o Brasil somos todas e todos.

      Os atos controversos na esfera dos três poderes que provocam inconformidades só prosperam, porque a maioria de nós não recebeu educação formal de qualidade, assim compreendida a escola que estimula o aprendizado com base na história, na antropologia, na sociologia e na filosofia, ciências que auxiliam o individuo a perceber-se enquanto pessoa pertencente ao tecido social, dando-lhe alguma base para formular concepção e/ou visão própria de mundo, tornando-o propositivo e capaz de manifestar-se, com consciência crítica diante de atos de agentes e instituições públicas que afetem ou ameacem a ordem, o direito e paz social.
      Se não lhe proporcionam educação a esse nível, pesquise, estude, você é capaz de evoluir.

Deixe uma resposta

error: