Artistas ‘antibolsonaro’ tentam barrar programas de colegas que apoiaram Bolsonaro

A Rede Globo está enfrentando um racha complicado envolvendo parte do seu elenco.

Artistas que se pronunciaram a favor do então candidato e agora futuro presidente Jair Bolsonaro, estão sofrendo tentativas de boicote por parte de seus colegas que se postaram de maneira contrária.

Artistas como Mércio Garcia e Regina Duarte não são os únicos a sofrer com a tentativa de lobby. E segundo o Tv e Famosos, existem pedidos para que artistas como Gusttavo Lima, Zezé Di Camargo, Ferrugem, Jammil, Eduardo Costa, Tati Zaqui, Latino e até a cantora gospel Ana Paula Valadão não sejam mais convidados para programas de auditório nem programas musicais.

É a primeira vez que a emissora enfrenta um racha deste nível.

Fonte: Tv e Famosos.

Siga-nos no Facebook

13 Comentários em Artistas ‘antibolsonaro’ tentam barrar programas de colegas que apoiaram Bolsonaro

  1. É simples, vamos boicotar os programas dos artistas contra o nosso Presidente.
    Aí eu quero ver, sem audiência de que eles vão viver

  2. Eu já quase não assisto a rede globo só as vezes o repórter, agora, vou deixar de assistir de vez, exceto se esta rede demitir os artistas comunistas o que creio que não acontecerá. Acho engraçado esta maneira fascista dos comunistas e depois imputarem como se Bolsonaro o fosse e eles não, por mim, tchau rede globo.

  3. Brasil, povo brasileiro , vamos boicotar todos os programas ,novelas , da Globo que estes canalhas, artistas senvergonha, egoístas, que vivem as custas da Lei Rouanet, e não pagam, usam dinheiro público, nao querem perder a boquinha, ne.
    São Antipatriotas.

  4. Eu já não assisto a globo há um tempão, quantos aos “lacradores” eles podem até tentar barrar a participação dos ARTISTAS pró Bolsonaro porém esquecem que a sua maior renda são as peças de teatro e shows…

  5. É um absurdo essa atitude de certos artistas.Essa intolerância já havia sido exposta nas eleições em que o Lula disputou a segundo turno com o Collor. Os petistas criaram a “Patrulha Ideológica” e monitoravam a intenção de voto dos formadores de opinião. Marília Pera quase foi espancada, no Rio. Precisou de ajuda policial para sair de um teatro. Essa é a democracia da esquerda

  6. A Globo dança conforme a música. Logo logo esses “artistas resistência” vão ser chamados a atenção para que entendam que o ritmo que deverão andar será outro. Simples assim! Esses esquerdistas se dizem defender a liberdade de expressão, mas são os primeiros a não aceitar quando não estão de acordo.

  7. Se todos os milhões de eleitores que votaram no Bolsonaro deixarem de assistir a rede Globo a mesma entrará em falência com certeza. Vamos fazer a campanha nacionalmente nas redes sociais #REDEGLOBONÃO.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.