TSE recebe ação que pede a cassação de Haddad e Manuela e acusa a Folha de criar fato político

A equipe de Jair Bolsonaro protocolou no TSE uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que acusa a Folha de São Paulo de ter agido em conluio com Fernando Haddad e Manuela D’Ávila. Segundo os advogados o jornal agiu com “abuso de poder econômico e uso indevido dos veículos de comunicação social em favor da candidatura” do PT ao “publicar falsa matéria jornalística”.

Os advogados destacam que “a acusação sem lastro, posto que até o momento não foram apresentadas as provas, destinou-se nitidamente a criar um fato político para justificar o ingresso de uma AIJE” pela campanha de Haddad contra a de Bolsonaro.

Como uma das “provas” de que a matéria da Folha “foi elaborada especialmente para descontruir a imagem” de Bolsonaro “e instalar o caos no processo eleitoral 2018”, a defesa utilizou-se de uma entrevista dada por Manuela em 25 de setembro em que a vice do petista falou de financiamento de mensagens.

Ou seja, Manuela “sabia antecipadamente dos eventos”, “tendo descrito com exatidão o modus operandi” e em “detalhes aquilo que a Folha veio a trnasformar em notícia somente em 18/10/2018”.

Para a defesa o jornal aceitou “criar fato político para embasar o plano descrito por Manuela D’Ávila 23 dias antes”.

A ação pede a inelegibilidade de Haddad e Manuela por 8 anos.

Informação dO Antagonista.

Siga-nos no Facebook

5 Comentários em TSE recebe ação que pede a cassação de Haddad e Manuela e acusa a Folha de criar fato político

  1. ESSA FOI A DUPLA MAIS PATETICA QUE A QUADRILHA CONSEGUIU JUNTAR
    PARA TENTAR LUDIBRIAR OS BRASILEIROS HONESTOS, DOIS DOS PIORES
    ESPECIMES DA RAÇA HUMANA JUNTOS PARA APLICAR UM GOLPE, SÓ PODIA
    TER SAIDO DA CABEÇA DO FILHO DE SATANÁS O LUIZ INÁCIO SATANÁS DA SILVA.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.