Haddad buscou esquema com Eduardo Cunha e Léo Pinheiro da OAS

Em uma extensa matéria da Revista IstoÉ, é relatado como Haddad preferiu ao invés de negociar com o governo federal, na época comandado por sua aliada Dilma Rousseff, negociar com o hoje preso ex-deputado federal Eduardo Cunha do MDB, e Leó Pinheiro da OAS, também preso.

Em 2013, o município de São Paulo, na época comandado por Fernando Haddad, possuía a dívida de R$ 53,2 bilhões, cerca de 13% de sua receita líquida, para com a União.

O momento era delicado devido à pressão popular em cima do aumento das passagens de ônibus. Agora em investigação da PF e do MPF, é sugerido que o grande esquema envolveu pagamento de propina para favorecer o Haddad.

 

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Haddad buscou esquema com Eduardo Cunha e Léo Pinheiro da OAS

  1. E UM CARA DESSES QUER SER PRESIDENTE DO BRASIL,
    MAIS ENROLADO QUE PAPEL HIGIENICO, APRENDEU MUITO BEM
    AS LIÇÕES E OS ENSINAMENTOS DO FILHO DE SATANÁS.

Deixe uma resposta

error: