PSOL requer no TSE o bloqueio total do Whatsapp até as eleições

O partido do Socialismo e “Liberdade” entrou no TSE solicitando o bloqueio total do whatsapp em todo território nacional. A ideia do partido “linha auxiliar” do PT é impedir uma vitória ainda mais esmagadora de Jair Bolsonaro.

Em petição, o partido tenta suspender o funcionamento do WhatsApp ou restringir funções do aplicativo até a votação do segundo turno.

A justificativa usada é a disseminação de memes contra Haddad em grupos do whatsapp. O Partido chama de ‘notícias falsas’ os memes que os familiares e amigos divulgam nos grupos da família e amigos.

“Desde o início das eleições essa Corte já tinha manifestado a preocupação com as chamadas fake news. Apesar da inicial preocupação, a verificação às vésperas do segundo turno de votações é que as notícias falsas não foram controladas, seja pelo TSE, seja pelo aplicativo de mensagens. As notícias falsas, difamatórias, mentirosas e de ódio grassaram país à fora numa quantidade incalculável e ajudaram a definir opções de voto e manifestações de apoio a determinados candidatos”

O PSOL quer a volta da censura.

Siga-nos no Facebook

34 Comentários em PSOL requer no TSE o bloqueio total do Whatsapp até as eleições

  1. Esses caras são muito dissimulados. Canalhas. Acusam os adversários daquilo que eles praticam. O maior exemplo é a campanha da TV.

    O povo brasileiro tem que ir para as ruas para pedir o fim de todos os partidos comunistas e incluir na Constituição uma lei que proiba terminantemente, até em carater educacional, qualquer ato ou manifestação que pregue ou seja ligado ao socialismo. será crime contra a democracia do Brasil e os autores julgados e condenados por crime de traição contra a nação.

    • Esse senhor do PSOL é uma vergonha e não merecia ter sido reeleito! Tem um vídeo dele onde ele aparentando estar “noivado”, junto com outro rapaz fala abertamente sobre liberar geral as drogas! É um lixo!

      • Concordo com o pensamento de todos! Pelo que vejo posso concluir que estamos vivendo uma política bandida de 2 pesos e 2 medidas, a eles tudo a nós nada, porque basta qualquer gesto de alguém ligado ao Bolsonaro pra desencadear uma campanha torpe, destrutiva contra a pessoa do candidato!

    • Concordo. Este “câncer” enquanto não for extirpado de nossa nação, não dará paz ao povo brasileiro. Irão continuar insistindo com o objetivo de tomar o poder, mesmo com a vitária de BOLSONARO e não deixaram que nada seja literalmente construído, com o intuito de usar a miséria,a pobreza e a desinformação dos menos favorecidos como arma para ser usada contra qualquer um que governe, que não sejam eles. Onde o “comunismo” existiu, só deixou um rastro de morte, sofrimento, humilhação e miséria e esta verdade é incontestável.

  2. Esse povo é sem limite, esperneiam, berram, tentam mudar as regras do jogo, tudo para tentar ganhar. Não respeitam autoridades, leis, vontade popular, são como crianças mimadas. parecem ter TOD ( Transtorno opositor desafiador) pois desafiam a todos que tenham pensamentos diferentes dos seus.Já passaram dos limites há tempos.

  3. É piada né….. Quem está usando o zap zap pra fazer propaganda do Bolsonaro e disseminar verdades sobre o PT principalmente sobre o candidato(poste) Haddad somos nós brasileiros que amamos nosso país, somos patriotas, queremos um país melhor sem corrupção e com uma melhor distribuição de renda….. O desespero dos petistas e daqueles que os apoia está à flor da pele…..

  4. Dae, beleza?
    Então, tem algum vídeo deles falando isso? Um print do face, twitter de algum membro dessa porcaria de partido falando isso?

    Na boa irmão, um texto em itálico e entre aspas. Uma foto desse deputado aí, mais uns trechos de texto não me faz acreditar muito nisso não!
    E a galera tá disseminando isso pra caramba!

    Assim como outra matéria de vcs na qual houve uma má interpretação de texto.
    Velho, desse jeito, isso acaba sendo prejudicial à nós, não concorda?

    Não seja uma carta capital da direita, por favor!!
    Abraços

  5. Brincadeira…as fraudes nas Urnas ficou por isso mesmo, mas o que falam desses corruptos tentam abafar e esconder😡indignada. Pensam que o povo e besta.

  6. Eles querem calar nossas bocas, falam de liberdade de expressão e mas isso só serve para eles falarem,difamarem usando a dor, a fé e a falsa esperança manipulando com os mais pobres e desinformados. O que conseguiram é dividir a nação em ricos e pobres, em brancos e negros,heterossexuais e homossexuais, dividindo credos, e até as Igrejas cristãs. Dividindo as famílias e destruindo princípios morais e éticos, campo fértil para a implantação do Comunismo.
    FORA HADDAD!

  7. O pt já PERDEU ! E ESTA CAMBADA DE COMUNISTA ESCRUPULA SEM CARÁCTER E TUDO QUE POSSA EXISTIR DE PIOR NO MUNDO NÃO SE CONFIRMS COM A DERROTA ! VÃO PARA CUBA QUE A PARIU.

  8. TSE nega liminar do PSOL que buscava restringir o WhatsApp nas eleições
    Felipe Pontes, Agência Brasil 22 de outubro de 2018 – 18h00
    3

    inShare

    Flip
    Imprima
    Mais +
    Partido buscava limitar temporariamente o compartilhamento e transmissão de mensagens do WhatsApp, alegando a contribuição do app para a viralização de fake news

    O ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou liminar (decisão provisória) ao PSOL em representação que pedia que o uso do WhatsApp fosse restringido nos dias que restam até domingo (28), data do segundo turno das eleições.

    Na representação, o PSOL pediu que a Justiça Eleitoral determinasse ao WhatsApp o uso temporário de mecanismo para limitar o compartilhamento, encaminhamento e transmissão de mensagens e o número de membros em novos grupos criados na rede.

    O partido fez a solicitação com a justificativa de que a disseminação sem controle de notícias falsas pelo aplicativo estaria prejudicando a lisura do pleito. Para o ministro Edson Fachin, no entanto, o PSOL não apontou “fundamentos jurídicos” suficientes para a restrição do WhatsApp, tampouco apontou “conduta ilícita” praticada pelo aplicativo.

    Para Fachin, desse modo, o pedido do PSOL “não encontra, no atual momento processual, em que se analisa apenas a plausibilidade dos argumentos invocados, fundamento apto para seu deferimento”. Fachin deu 24 horas para que o WhatsApp se manifeste na representação.

    Entre as medidas que haviam sido solicitadas pelo PSOL estão a restrição dos encaminhamentos de 20 para cinco, com o objetivo de limitar a disseminação de desinformação; a restrição do número de transmissão de uma mensagem para contatos (atualmente é de 256 contatos ao mesmo tempo); e a limitação do número de grupos.

    “Inúmeras são as situações diariamente noticiadas de que as mensagens que circulam nos grupos de WhatsApp, sem qualquer acompanhamento e cuidado com a legislação, têm desequilibrado o pleito eleitoral, especialmente porque chegam a milhões de pessoas, e muitas têm como principal meio de se informar o grupo de mensagens, o que facilita o trabalho de quem divulga notícias falsas, ofensivas e inverídicas”, escreveram os advogados do partido.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.