Pedido de Haddad para apagar ‘fake news’ do WhatsApp é negado por TSE

O candidato Fernando Haddad teve mais uma derrota durante sua campanha cheia de desespero.

A decisão do ministro Luis Salomão afirma que “a comunicação é de natureza privada e fica restrita aos interlocutores ou a um grupo limitado de pessoas”.

Haddad havia solicitado a retirada de conteúdos chamados de ‘fake news’ do aplicativo WhatsApp.

O ministro ainda declarou que “A interferência desta Justiça especializada deve ser minimalista, sob pena de silenciar o discurso dos cidadãos comuns no debate democrático”.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

2 Comentários em Pedido de Haddad para apagar ‘fake news’ do WhatsApp é negado por TSE

Deixe uma resposta