Líder do PSDB na câmara contraria direção do partido e deve apoiar Bolsonaro

O líder do PSDB na Câmara, Nilson Leitão, disse em entrevista ao Estadão que manterá sua lealdade a Geraldo Alckmin. Porém se o mesmo não for para o segundo turno, o que é bem provável, Nilson encaminhará a bancada para apoiar Bolsonaro, mesmo que a direção do partido seja a de apoiar o PT e integrar o governo de Haddad.

“Vou ser leal ao Geraldo até o último dia, mas, se ele não for para o segundo turno, sou anti-PT e vou encaminhar na bancada o apoio ao Bolsonaro. O PT nós já conhecemos e não podemos experimentar de novo”.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.