Urgente: Câmara apresenta registro de visita de Adélio no dia do atentado

A Câmara acabou de revelar que existem mais dois registros de visita de Adélio Bispo de Oliveira, exatamente no dia 6 de setembro, o dia do atentado contra a vida de Jair Bolsonaro.

“Constatou-se a existência de mais dois registros de entrada referentes à pessoa do Senhor Adélio, ambos datados do dia 6 de setembro de 2018, dia em que fora efetuada sua prisão no estado de Minas Gerais em decorrência do atentado ao deputado Bolsonaro”, escreve o diretor Paul Pierre Deeter.

Obviamente, era impossível que Adélio estivesse na Câmara, e Deeter acredita que os registros foram forjados.

Ao que tudo indica Adélio teve ajuda de algum parlamentar. Outro fato chocante é que se o registro foi facilmente forjado, a própria segurança da Câmara é posta em dúvida.

A informação é do Antagonistaadelio-camara-2

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.