Freixo repudia possível linchamento de agressor de Bolsonaro e clama por diálogo

Marcelo Freixo, do PSOL, pediu que haja diálogo com o homem que tentou matar Bolsonaro. “Acreditamos no diálogo, não na violência” defendeu o psolista.

Vale lembrar que Adélio Bispo de Oliveira, o agressor, foi filiado ao PSOL e este não acreditava no diálogo, só na violência.cd2233df-5cb1-498e-bd93-d16fb167cdca

Siga-nos no Facebook

3 Comentários em Freixo repudia possível linchamento de agressor de Bolsonaro e clama por diálogo

  1. Um político defensor de bandido igual esse Marcelo Freixo, e um afronta a qualquer cidadão do bem.
    Como ele estaria agora fazendo politicagem, caso a segurança do Presidenciável Bolsonaro estivesse mandado pro inferno o militante esquerdista.
    Cara nojento esse Freixo.

  2. O plano era que ele fosse linchado. Mas a direita “fascista” não fez como vc e sua cambada costumam fazer. Pelo contrário, provamos que nos sim seguimos a lei.

Deixe uma resposta

error: