Filiado ao Psol, reitor da UFRJ e responsável pelo Museu Nacional, levantou boné do MST durante a posse.

A tragédia acontecida no domingo, o incêndio no Museu Nacional, não para de nos dar pistas da real situação do Rio de Janeiro e do Brasil, onde o descaso impera, e o pior, onde a corrupção ideológica tem mais adeptos do que poderíamos pensar.

O responsável pelo Museu, Roberto Leher, não só é filiado ao PSOL, como também levantou um boné do MST durante a sua posse na instituição. Já foram levantados uma série de erros que Leher cometeu, sendo denunciado pelo MPF em 2012, e agora a PF juntamente com a Polícia Civil investigam o caso.

Além de Leher, toda a alta cúpula da universidade é filiada ou ao Psol, ou ao PCB ou ao PCdoB.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.