MST cobra R$250 mil do PT para fazer protesto por Lula

O MST, acampado em torno do Estádio Mané Garrincha, pediu que o Partido dos Trabalhadores pague o valor de R$250 mil para montagem de tendas e estrutura para abrigar 5 mil manifestantes.

O Movimento Sem Terra busca pressionar o Tribunal Superior Eleitoral para aceitar a candidatura de Luis Inácio Lula da Silva, condenado em duas instâncias e preso desde abril em Curitiba, e de acordo com a Lei da Ficha Limpa inelegível.

Segundo João Paulo Rodrigues, um dos coordenadores nacionais do movimento, afirmou que os movimentos sindicais dependem do extinto imposto sindical, e partidos dependem de fundo partidário, e criticou aliados “O PCdoB não joga com a mesma energia de antes”

João Pedro Stédile ainda tentou persuadir a Ministra Cármen Lucia, que em 2006, no governo Lula teve seu nome apresentado para a vaga no STF, tendo sido indicada por Itamar Franco e chancelada pelo MST. Cármen, não se pronunciou.

 

Siga-nos no Facebook

15 Comentários em MST cobra R$250 mil do PT para fazer protesto por Lula

  1. É MUITO POUCO, A QUADRILHA ROUBOU MAIS DE 10 BILHÕES E O MST
    QUER SÓ 250 MIL, É MUITO POUCO PRA TENTAR TIRAR UM BANDIDO PERIGOSO
    DA CADEIA

  2. Tem que acabar com tudo isto. Esses caras tem que trabalhar. Chega de dar peixe os ensina a pescar. Merda eh essa todo mundo trabalha pra sobreviver e esses pilantras de MSG e outros nessa vida mansa. Mudamos ou vamos pro fundo do poço…. esquerda nunca mais!!!!

  3. Em qualquer do mundo, as pessoas estudam e trabalham para ter seus bens e se manterem, aqui no BRASIL, o MST e partidos “vermelhos“ querem que o governo banque tudo! Vão trabalhar seus vagabundos, arruaceiros…

  4. Se o povo tiver vergonha na cara e ajuda a lavajato juiz moro pediu ñ reelejam ninguém pra ele coloca essa quadrilha na cadeia. O certo era vota 17 p presidente e 30 pra outros

  5. 8 ANOS DE LULA ,6 DE DILMA 2 DE TEMER E OS SEM TERRA ,SEM TETO SEM CORAGEM DE TRABALHAR CONTINUAM NA MESMA E AGORA VAI FICAR PIOR SEM PÃO COM MORTADELA COMO VÃO VIVER

Deixe uma resposta

error: