Operador do PSDB, Paulo Preto é preso novamente e tucanos entram em pânico

A Polícia Federal prendeu o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, apontado como operador do PSDB, nesta quarta-feira, 30. Segundo a Justiça, o ex-dirigente descumpriu medida judicial.

Ele é acusado pelo desvio de recursos de R$ 7,7 milhões da Dersa, entre entre 2009 e 2011 (governos Serra e Alckmin).

Paulo Vieira de Souza havia sido preso em 6 de abril. Ficou custodiado até 11 de maio quando foi solto pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A cúpula do PSDB está em alerta. Se Paulo Preto delatar, o tucanato será atingido em cheio.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.