Líderes de caminhoneiros negam acordo e dizem que a greve continua

Apesar do anúncio do governo de que houve um acordo com os caminhoneiros, não é certo que a greve será encerrada amanhã. Líderes de grupos de caminhoneiros autônomos negam que tenham aceitado o acordo.

Wallace Landim, conhecido como “Chorão” e representante dos motoristas autônomos do Centro-Oeste, afirmou que seu grupo estava na Casa Civil e não foi ouvido. Caminhoneiros desse grupo disseram que não pretendem liberar as estradas.

O presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, abandonou a reunião com os ministros e afirmou que a paralisação só será suspensa quando a decisão de zerar a alíquota do PIS-Cofins virar lei. “Algumas pessoas deram um voto de confiança para aguardar 90 dias. A Abcam não aceitou isso e se retirou da reunião. Metade do que o governo fala ele não cumpre, e a outra metade fica engavetada”.

José Araújo, conhecido como “China”, da União Nacional dos Caminhoneiros, disse ao jornal O Estado de S. Paulo que não assinou o acordo porque “são só promessas e não temos nada de concreto”. Segundo ele, “se cumprir está bom, mas precisamos de ver tudo em vigor e não só promessas pois de promessas estamos cheios”. E avisou: “só com promessas não vou pedir a ninguém para acabar com o movimento porque a greve não é mais só nossa, mas da população”.

Vídeos que circulam na internet mostram caminhoneiros em Santos (SP) e em Palhoça (SC), em grupos, afirmando que não pretendem encerrar a mobilização.

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em Líderes de caminhoneiros negam acordo e dizem que a greve continua

  1. Que tal se os caminhões parados as margens das rodovias,estivessem todos com seus tanques de combustíveis vazios ou algo parecido,que mesmo com a força policial não não fosse possivel dar a partida em seus motores .Fico me perguntando quanto tempo ,semanas,levaria para as forças de segurança retirar todos esses caminhões das estradas.Como iria esse governo ilegitimo conseguir se apropriar dos caminhões para transporte de combustíveis ou algo do tipo.
    Os caminhoneiros unidos, podem superar inclusive a discórdia que o governo está tentando implantar dentro do movimento.Agora só falta resistir, não desistir dos ideais mesmo que sacrifios tenham de ocorrer,pois através desse movimento tão nobre que em poucos dias tem orgulhado a nação e nos faz acreditar que nem tudo está perdido nesse Brasil.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Líderes de caminhoneiros negam acordo e dizem que a greve continua – VEJA ISSO

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.