São Paulo pode ficar totalmente sem combustível, afirma Presidente da Sincopetro

O Sincopetro informou na tarde desta quinta-feira (24) que falta etanol e gasolina comum na cidade devido ao bloqueio de rodovias por caminhoneiros grevistas.

“A situação é desesperadora. Nós temos diversos postos parados. Os que estão funcionando têm um tipo de produto, e não outros. Quando tem , tem filas enormes. Nenhum posto tem etanol, porque é o primeiro produto que pediam, é mais barato. Acabou”, disse José Alberto Paiva Gouveia, presidente da Sincopetro, em entrevista ao G1.

A situação mais crítica, segundo ele, é na região do Vale do Paraíba, onde muitos postos já estão em diesel e gasolina. “Quem tem grandes frotas, como as empresas de ônibus, está indo aos postos para abastecer, ou para preservar o estoque.

“Existe um pouco de diesel e gasolina, não é exagerado, ainda tem”, completou. Momentos depois, Gouveia informou que também falta gasolina comum.

“A situação é drástica porque nós não temos recebimento de produto desde segunda-feira. Nós temos estoque para três dias, portanto, os estoques estão acabando. Hoje quando você ver uma fila, com certeza não tem nem álcool – o etanol – ou gasolina comum. As filas são para abastecer gasolina aditivada e as gasolinas especiais, e algum pouco de diesel que sobrou nos tanques ainda”, declarou o presidente do sindicato.

Nesta quinta, a mobilização dos caminhoneiros entrou no quarto dia. A categoria reivindica diminuição no preço do diesel. Por causa da paralisação, diversos estados começaram a enfrentar problemas de abastecimento de produtos como combustíveis e alimentos.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.