Ministério da Cultura cobra devolução de R$ 2,2 milhões de diretor do filme “Aquarius” captados irregularmente

Em 2009, o filme “O Som ao Redor”, do diretor Kleber Mendonça Filho – o mesmo de “Aquarius” – venceu um edital de forma irregular.

Para produções de baixo orçamento, o edital previa que só seriam aceitos “projetos com orçamento de, no máximo, R$ 1,3 milhão”. No entanto, foi enviado à Ancine um orçamento 15% superior ao limite. Para piorar, após vencer de forma irregular, o filme redimensionou seus custos para R$ 1.949.690.

Em consequência, o Ministério da Cultura está cobrando a devolução de R$ 2,2 milhões de Kleber. O diretor ficou conhecido após fazer o Brasil passar uma enorme vergonha no tapete vermelho do Festival de Cannes cartazes dizendo que o país estava vivendo um “golpe” porque a presidenta querida do elenco havia sido afastada por irregularidades

Fonte: Gazeta do Povo

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.