Padre petista surta durante a missa com militantes do PT, ignora a justiça e pede que Lula seja solto.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann havia anunciado no início do mês que militantes de seu partido fariam uma peregrinação à Basílica de Aparecida, maior santuário católico do país, neste domingo (20).

O objetivo seria rezar e “expressar nossa fé e pedir pela liberdade de Lula, Presidente dos pobres”. Dentro de poucas horas a Arquidiocese de Aparecida usou seu perfil oficial no Facebook para dizer não estava “organizando ou convidando pessoas para se mobilizarem em favor deste ou daquele político” e que “nenhuma celebração deste ou em qualquer outro dia na rotina deste Santuário é realizado com fim específico que não o de evangelização”.

Porém um padre militante defensor do Socialismo e indiferente a luta contra corrupção, resolveu durante a missa pedir pela liberdade do criminoso condenado Lula.

O padre levantou um cálice e pediu orações por Lula e por sua libertação. Cerca de 50 petistas, trajando camisetas vermelhas, rezaram junto.

Para o Padre, Lula deve ser solto, independente da quantidade de crimes que cometeu e todo o dinheiro do povo brasileiro que ele embolsou.

Um verdadeiro ultraje contra a fé católica.

A Arquidiocese de Aparecia ainda não se manifestou se afastará ou não o Padre do PT por tamanho desrespeito.

 

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Padre petista surta durante a missa com militantes do PT, ignora a justiça e pede que Lula seja solto.

  1. ELEIÇÕES DE 2018 É GOLPE ! SOB O MANTO DA DEMOCRACIA COMUNISTA LULISTA PARA LEGITIMAR A CORRUPÇÃO E A IMPUNIDADE. ELEIÇÕES COM VOTO ELETRÔNICO OBRIGATÓRIO PARA CANDIDATOS E PARTIDOS POLÍTICOS HÀ 35 ANOS DOMINANDO A “CIDADANIA BRASILEIRA”. A disciplina militar está a serviço da Corrupção Comunista nos Três Poderes do governo Brasileiro
    INTERVENÇÃO MILITAR é coisa séria. Não se derruba um governo (constitucional, autoritário ou totalitário) e toda a institucionalidade de um estado organizado só no grito. É preciso muito mais. (Povo honesto já está ha mais de três anos gritando nas ruas e não é ouvido)
    A nota oficial do general Villas Boas é importante porque ela estabelece os limites: as Forças Armadas vão sustentar as leis. Se os juízes quiserem soltar , podem fazê-lo, mas dentro dos limites da Lei e com o aval da Constituição e de seus tribunais.
    Quanto aos Oficiais e Soldados que estão ” rosnando “, serão contidos pela disciplina. É o que se deve ler na nota que o comandante emitiu dando garantias de assegurar a vigências das leis. Entre estas leis está a de ficaram os militares quietos dentro de seus quartéis, afiando as armas e cuidando dos grandes interesses na Nação, sem se envolver em política partidária, contra ou a favor desta ou daquela candidatura ou tendência ideológica na sociedade. Fora isto é cana ou reforma. É o regulamento disciplinar.

Deixe uma resposta

error: