Bolsonaro diz que invasões do MST e MTST devem ser tipificadas como atos terroristas: “Invadiu, é chumbo”

Jair Bolsonaro, voltou a fazer um discurso forte voltado à segurança pública. Em evento na Associação Comercial do Rio de Janeiro, aproveitou perguntas da plateia para voltar as críticas a grupos como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

Segundo ele, esses “movimentos” são compostos por “marginais que devem ser tratados como terroristas”. “A propriedade privada é sagrada. Temos que tipificar como terroristas as ações desses marginais. Invadiu? É chumbo!” Ele defendeu ainda o uso de “lança-chamas” em ações contra esses grupos. A plateia deu risada.

Diante de uma plateia de cerca de 300 empresários – que pagaram R$ 180 (associados) e R$ 220 (não associados) para ouvi-lo –, afirmou que pretende, se eleito, estimular o crescimento da economia por meio de privatizações “com critério” e de um processo de desburocratização que estimule investimentos. “Quando eu disse que não entendia de economia, foi por humildade. Quem entende de economia é Dilma Rousseff, formada em economia, olha a desgraça que deixou o País”, ironizou.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.