70 candidatos militares terão projeto unificado e o General Mourão como coordenador

Um grupo de militares organizados pelo general Antônio Hamilton Martins Mourão em torno do Clube Militar vai desenvolver diretrizes de programas de governo e pautas no Legislativo de cerca de 70 militares pré-candidatos às eleições de 2018 – entre eles, postulantes à Câmara e Senado, governos e assembleias estaduais. Mourão disse ao UOL que, se eleitos em número suficiente, a ideia é formar uma bancada militar no Congresso.

A articulação, com pré-candidatos em todos os estados, é inédita após o regime militar. O Clube Militar, que tem como sede um prédio na Cinelândia, na região central do Rio de Janeiro, deve funcionar como um Quartel General para essa articulação e divulgação das candidaturas.

O general, que integrou o Alto Comando do Exército e sempre criticou os governos com viés socialistas e corruptos (especialmente o de Dilma Rousseff), avalia que chegou a hora de os militares retornarem ao poder pelas vias democráticas. “Agora não resta dúvida de que a sociedade está clamando por isso”, afirmou.

Filiado ao PRTB, ele diz que não se candidatará a cargo público, mas atuará como articulador e usará sua imagem para ajudar nas campanhas dos colegas. Candidato único à presidência do Clube Militar, Mourão deve ser eleito por aclamação no fim deste mês.

Com informações do UOL

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.