Maioria no TRF-4 vota por condenar Cláudia Cruz em segunda instância

Dos três desembargadores da Oitava Turma do TRF-4, dois votaram pela condenação da esposa de Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, no julgamento de processo referente a Operação Lava Jato.

Ela é acusada de ter escondido dinheiro no exterior, além de usar propina obtida em esquema de corrupção. Cláudia foi absolvia na primeira instância, mas o Ministério Público Federal recorreu.

O ministro João Pedro Gebran a condenou por evasão de divisas. Leandro Paulsen, por evasão de divisas e lavagem de dinheiro. Já Victor Laus pediu vistas do processo e o julgamento foi interrompido.

As informações são do O Antagonista.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error: