Petistas que espancaram cidadão irão a júri popular por tentativa de homicídio

A Justiça mandou a júri popular os três homens acusados de agredirem o empresário Carlos Alberto Bettoni na noite de 5 de abril em frente o Instituto Lula, em São Paulo. O Ministério Público Estadual denunciou os acusados, apoiadores de Lula, por tentativa de homicídio com dolo eventual, crime que vai a júri.

Manoel Eduardo Marinho, o ‘Manino do PT’, ex-vereador por cinco mandatos em Diadema (Grande São Paulo), seu filho Leandro e o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulo Caires, o ‘Paulão’, haviam sido indiciados pela Polícia Civil como os homens que agrediram Bettoni, que chegou a ser internado com traumatismo craniano.

Os três denunciados negam a acusação, embora um vídeo prove o ocorrido..

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Petistas que espancaram cidadão irão a júri popular por tentativa de homicídio

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.