Inaceitável: Secretário de Segurança de SP diz que não irá investigar Movimentos que organizam invasões

Diz o Jornalivre:

‘Os moradores do prédio que desabou em São Paulo afirmam que pagavam até 350 reais de “condomínio” para os trambiqueiros que “administravam” o local. Claro que isso é altamente irregular, uma vez que a estrutura do prédio estava ameaçada há muito tempo e ninguém poderia morar lá em segurança.

A polícia paulista vai investigar o caso, mas vejam o que disse ao jornal o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa:

“É para apurar cobranças. Vamos investigar as associações e não os movimentos que promovem as ocupações. Vamos investigar associações que exploram moradores das ocupações.”

Completamente suspeito, é claro. Aparentemente há esforço hercúleo para evitar que a verdade apareça.’

 

 

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Inaceitável: Secretário de Segurança de SP diz que não irá investigar Movimentos que organizam invasões

  1. Não acho que ele receba propina, Moacir, tenho certeza que ele é mais uma “otoridade”, como tantas desse pais que cultuam a imbecilidade. Tenho pena desses sujeitos. É nos movimentos , que não tem nada de sociais que estão os maiores bandidos, a nata….!

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Inaceitável: Secretário de Segurança de SP diz que não irá investigar Movimentos que organizam invasões – VEJA ISSO

Deixe uma resposta

error: