Polícia Federal rastreou caminho da propina da Odebrecht até chegar ao marqueteiro de Gleisi

Raquel Dodge, a procuradora-geral da República, detalhou em denúncia apresentada na segunda, 30, a rota que a Polícia Federal rastreou entre o departamento de propinas da empreiteira Odebrecht e a empresa responsável pela campanha para Governo do Paraná de 2014 de Gleisi Hoffmann, presidente do PT e senadora paranaense.

Gleisi, seu marido Paulo Bernardo, o ex-ministro petista Antonio Palocci e Marcelo Odebrecht foram acusados na peça por lavagem de dinheiro e corrupção.

As informações são do O Estadão.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.