Sergio Moro reage, afirma que há outras provas contra Lula e os processos continuarão sim em Curitiba

Nessa quinta, 26, o juiz Sérgio Moro afirmou que a ação penal em que o ex-presidente Lula é réu no caso do sítio de Atibaia, localizado em São Paulo, tem por base outras provas além dos depoimentos dos delatores da Odebrecht. Por meio de despacho, Moro se manifestou sobre decisão da Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) de tirar trechos da delação da empreiteira do processo.

“Oportuno lembrar que a presente investigação penal iniciou-se muito antes da disponibilização a este juízo dos termos de depoimentos dos executivos da Odebrecht em acordos de colaboração, que ela tem por base outras provas além dos referidos depoimentos, apenas posteriormente incorporados, e envolve também outros fatos, como as reformas no mesmo sítio supostamente custeadas pelo Grupo OAS e por José Carlos Costa Marques Bumlai [amigo de Lula]”, disse no despacho.

O magistrado disse que os processos continuam tramitando normalmente da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pela Lava Jato. No documento de despacho, disse que tanto a defesa de Lula quanto o MPF se precipitaram ao se manifestarem sobre a decisão do STF, já que a decisão da Segunda Turma do STF ainda não foi publicada. E afirmou que apenas após o acórdão ser publicado é que vai avaliar os impactos que a medida terá nos processos que tramitam contra Lula. “Entendo que há aqui com todo o respeito uma precipitação das partes, pois, verificando o trâmite do processo no egrégio Supremo Tribunal Federal, o respeitável acórdão sequer foi publicado, sendo necessária a medida para avaliar a extensão do julgado do colegiado.”

As informações são do UOL

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.