PMs que faziam escolta armada de Freixo serão devolvidos à Secretaria de Segurança e atenderão ao povo do Rio

O Globo informou:

“Vivendo há dez anos sob escolta policial desde que presidiu a CPI das milícias, o deputado Marcelo Freixo (PSOL) soube nesta segunda-feira pelo Diário Oficial que os quatro policiais militares que estavam no seu gabinete foram retirados pela Secretaria de Segurança.

Segundo Freixo, dois deles cuidavam de sua segurança pessoal, enquanto outros dois garantiam a escolta do delegado Vinícius George, que atuou como braço direito nas investigações da CPI. Os nomes dos PMs estão na lista de convocação dos 87 policiais que estavam emprestados para a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).”

Freixo defende o desarmamento da população, mas está muito triste que perdeu sua escolta armada.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.