Lava Jato pede que inquérito sobre Alckmin vá para primeira instância ‘o mais rápido possível’

O Ministério Público Federal pediu ao vice-procurador da República, Luciano Mariz Maia, que remeta “o mais rápido possível” para a primeira instância o inquérito sobre ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), citado por delatores da Odebrecht como beneficiário de recursos não contabilizados para campanha eleitoral. O cunhado do tucano, Adhemar Cesar Ribeiro, também é alvo da investigação. O documento é subscrito por nove procuradores da República da força-tarefa da Operação Lava Jato.

As investigações sobre o tucano eram de competência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) até o último dia em que ele permaneceu no Palácio dos Bandeirantes. Como Alckmin renunciou ao cargo na sexta-feira passada, dia 6, para concorrer à Presidência, perdeu o foro privilegiado.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.