Enquanto militantes dormem no chão em frente a PF, Gleisi descansa em apartamento de luxo

A militância petista, ainda que de forma mirrada, foi para Curitiba. A maioria deles foi contratada para estar ali. O objetivo é fazer pressão na Justiça e demonstrar solidariedade ao seu maior líder, o Presidiário Luís Inácio Lula da Silva. Para isso, um acampamento próximo à carceragem da Polícia Federal foi montado em condições sub-humanas. Enquanto isso, Gleisi segue dormindo confortavelmente em seu apartamento no luxuoso bairro Água Verde construído pela Construtora Camargo Correa.

O bairro Água Verde faz divisa com o Batel, um dos mais famosos bairros de alto padrão de Curitiba. O apartamento fica no mesmo bairro que está o Clube Curitibano, um dos mais tradicionais clubes sociais do estado.

 

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Enquanto militantes dormem no chão em frente a PF, Gleisi descansa em apartamento de luxo

  1. VAMOS LA AUTORIDADES POLICIAIS IDENTIFICAR ESSE PESSOAL QUE TEM
    TEMPO PARA FICAR ACAMPADO APOIANDO LADRÃO, SÃO TODOS BANDIDOS
    DESOCUPADOS, SE PASSAR UM PENTE FINO NESSA TURMA VAI ENCONTRAR
    FORAGIDOS, CONDENADOS, BANDIDOS DE TODA ESPÉCIE, POIS NINGUEM
    TRABALHA E TODOS VIVEM NUMA BOA.

  2. Porque as autoridades paranaenses permitem esse tipo de acampamento. Isto causa grande tormento aos moradores locais, sem contar com o mal cheiro, barulho dia e noite. E a lei do silencio, esses moradores pagam seus impostos.E se o Lula ficar os 12 anos preso nesse local, esses desocupados ficarão tambem?

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.