STF acovardado. O Criminoso ganhou um “salvo conduto” até o dia 4 de abril

A decisão do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não foi concluída nesta quinta-feira (22).

Diante disso, uma ‘liminar provisória’ foi deferida no sentido de que até a conclusão do julgamento, no dia 4 de abril, o meliante não seja preso por decisão do TRF-4.

Na segunda-feira (26), o TRF-4 deve decidir pela prisão do petista, mas o mandado de prisão ainda não poderá ser emitido, até que o STF conclua o julgamento.

Votaram em favor de impedir a prisão de Lula antes do dia 4 os ministros Rosa Weber, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello. Em favor de permitir, votaram ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia.

A sociedade precisa se manifestar.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em STF acovardado. O Criminoso ganhou um “salvo conduto” até o dia 4 de abril

  1. Já era de se esperar alguma manobra sórdida para livrar a pele da jararaca…Como pode num até então momento importante da apreciação de um HC, um membro da Suprema corte, ter agendado um compromisso mais importante (???) do que seu compromisso com a justiça de um povo? Salafrários é o que são, a alienação nos poeres da república, pelo crime organizado se evidenciou de fato…

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.