Dono do carro utilizado para matar Marielle foi identificado e tem passagens por tráfico de drogas

A Polícia Civil de Minas Gerais identificou o dono do Logan que teria sido usado nos assassinatos de Marielle Franco, vereadora do PSOL-RJ, e de Anderson Gomes, o motorista que dirigia o carro onde ambos foram mortos.

 Luciano Dias Gonçalves, de 45 anos, mas o carro está no nome da DR da Silva Leilão de Veículos. Luciano, tem algumas passagens por tráfico de drogas. A última prisão dele foi no dia 22 de fevereiro, por porte de arma. Segundo a polícia, ele pagou fiança e foi solto. — informou O Globo.

Parece que a narrativa criada pelo PSOL e Rede Globo que Marielle foi “morta pela polícia” mesmo não havendo prova ou ligação alguma foi por água abaixo.