Coronel da PM fala o que pensa sobre da morte da vereadora: “Por que a tentativa de transformá-la em mártir?”

Sem medo do de contrariar o “politicamente correto” o Coronel Washington Lee Abe, conhecido no Paraná por coordenar as Operações de enfrentamento ao MST na Região de Quedas do Iguaçu manifestou sua opinião sobre a comoção popular em torno da morte da vereadora Marielle Franco, executada na última quarta-feira (14).

Confira a carta divulgada por ele próprio, na íntegra:

Por que o mundo inteiro respeita a Polícia? Por que o mundo inteiro precisa da Polícia? Não existe governo, não existe judiciário em nenhum lugar do mundo sem uma polícia. Por que tanta tentativa de transformar essa vereadora em mártir? Ela representa o povo? Que povo? Qual segmento do povo? Do cidadão de bem?
A Polícia Militar, responsável pela morte de negros e pobres na ordem de 30% no País (segundo a vereadora) é morta por quem? Pelo cidadão de bem? Nós, PM, saímos pelas ruas escolhendo 30% de negros e pobres para matar (hahaha). Quando atingimos a nossa quota diária, vamos completar nossa meta matando brancos, asiáticos e tudo o mais que aparecer na nossa frente. É assim que funciona? E quando morrermos em combate, tentando salvar uma vida inocente que clama pela nossa presença, vamos aguardar pacientemente os políticos, a imprensa, autoridades que estão fazendo todo esse alarde pela morte dessa “pessoa” intitulada vereadora, promotora dos direitos humanos, mãe, homossexual (como ela mesma se apresenta) fazerem também o mesmo alarde exigindo respostas rápidas e firmes das autoridades? O mais incrível é declararem em coro que os matadores “sabiam atirar”, insinuando serem policiais.

Nós, policiais, temos uma missão muito maior do que essa mesquinharia. Somos muito mais do que “isso”. Somos a Polícia!

Coronel Washington LEE Abe – Comandante do 5º Cmdo Regional da Polícia Militar do Paraná

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Coronel da PM fala o que pensa sobre da morte da vereadora: “Por que a tentativa de transformá-la em mártir?”

  1. BRAVO CORONEL, APARECEU PELO UM COM SACO ROXO PRA DIZER UMAS VERDADES PRA ESSA CANALHADA DE ESQUERDA, PARTIDECOS DE ALUGUEL, FALAM DE UM LOTE DE MUNIÇÕES QUE FOI ROUBADO DA POLICIA FEDERAL EM 2007. ESSA MUNIÇÃO JÁ FOI RECARREGADA MAIS DE UMA VEZ, POIS MUNIÇÃO OXIDA E NÃO DURA 10 ANOS, GERALMENTE EM 3 OU 4 ANOS AS ESPOLETAS NÃO DETONAM MAIS, E DE ADMIRAR QUE PERITOS DISSEM SER MUNIÇÃO ORIGINAL, EU FUI ATIRADOR DE ELITE NAS FORÇAS ARMADAS E SABIA LIDAR COM MUNIÇÃO, CARTUCHOS MUITO VELHOS ERAM DESCARTADOS OU RECARREGADOS NO ARSENAL. DONA MARIELE MORREU PELAS MÃOS DE SEUS AMIGUINHOS E PROTEGIDOS. ESSA É UNICA VERDADE QUE VAI APARECER COM O TEMPO.

  2. Sugiro procurarem nas redes os depoimentos de Ibis Pereira e de Robson Rodrigues da Silva, dois policias militares de alta patente (do Rio de Janeiro), falando sobre a vereadora. Acho que polciais do Rio de Janeiro tem mais propriedade pra falar do que de outros estados. Aliás, será que o lugar onde este coronel desempenha suas funções já está assim tão perfeito e com indices de violência zerados, que sobra tempo até pra dar palpite errado em situações do estado dos outros?

Deixe uma resposta

error: