Deltan diz que maior ameaça à Lava Jato é a discussão da prisão em segunda instância

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força tarefa da Lava Jato em Curitiba, afirmou nesta sexta-feira que a maior ameaça hoje para a Lava Jato é a discussão da prisão em segunda instância.

“Precisamos ter em mente que discussão do momento da prisão afeta não apenas crimes de corrupção, mas homicídio ou crime de roubo. Se a prisão for executada após a decisão de segunda instância, tendemos a ter processo e resposta à sociedade dentro de tempo razoável. Se ocorrer depois, em terceira ou quarta instância, o momento da prisão e resposta que a sociedade espera vai ser enviada para as calendas gregas.”

A fala do procurador se deu durante coletiva à imprensa na sede da Procuradoria Regional da República da 4.ª Região (PRR-4). Nos dias 15 e 16, procuradores das forças-tarefa das três instâncias do Ministério Público Federal que atuam na Operação Lava Jato reuniram-se em Porto Alegre. É a primeira vez que os coordenadores dos grupos de procuradores que atuam em Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF) realizam uma reunião para troca de informações e discussão dos trabalhos.

Com informações do Estadão

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em Deltan diz que maior ameaça à Lava Jato é a discussão da prisão em segunda instância

  1. P QUE QUEREM OS MINISTROS DO SUPREMO QUE DEVEM SEUS CARGOS AO REI LUIZ INÁCIO E A GRANDE VADIA DILMA ROUSSEFF, QUE OS CONDENADOS EM SEGUNDA INSTANCIA NÃO SEJAM PRESOS NUNCA POIS SE OS EMBARGOS FOREM LEVADOS AO SUPREMO.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.