Novo líder do PT da Câmara torra R$ 6.000 reais em ‘cota alimentação’ em um mês

O líder do PT na Câmara até o ano passado, Carlos Zarattini (SP), não economizava dinheiro público em prol da boa mesa para seus correligionários. Esbanjava fartura e só encomendava comida nos melhores restaurantes de Brasília para satisfazer as vontades dos aliados.

A prática deixou de ser personalista para tornar-se uma cultura na bancada do partido. O líder mudou e a farra, não. Sucessor de Zarattini, Paulo Pimenta (RS) parece ter aprendido com o amigo onde deve “investir”. Só em fevereiro, os petistas da Câmara comeram 6.000 reais. Qualquer que seja o acontecimento, os petistas correm encomendar dos melhores restaurantes da cidade para satisfazer a bancada com verdadeiros banquetes.

Só numa encomenda ao restaurante Fogão de Pedra, Pimenta torrou 2 212 reais da cota parlamentar da liderança bancada com dinheiro público Dias antes, ele já havia gastado outro 1 973 reais em alimentação. Isso tudo sem contar as cotas pessoais de cada deputado, a maioria deles esbanja em restaurantes caros e em encomendas de jantares sofisticados. Come-se bem em Brasília as custas do povo.

A tomar pelo início do ano, percebe-se que o apetite petista pelo dinheiro público continua insaciável.

As informações são do Estadão

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em Novo líder do PT da Câmara torra R$ 6.000 reais em ‘cota alimentação’ em um mês

  1. O NOME DE FANTASIA É PARTIDO DO TRABALHADORES, SÓ QUE DE TRABALHADORES ELES NÃO TEM NADA, NA REALIDADE SEM FANTASIA É UMA DAS MAIS ORGANIZADAS QUADRILHAS DE BANDIDOS DO PAIS.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.