Sem liberdade: Wesley é expulso de restaurante sob gritos de “vagabundo”

O empresário Wesley Batista, da JBS/J&F, irmão de Joesley Batista, foi hostilizado neste domingo em uma churrascaria no bairro do Itaim Bibi, da Zona Sul de São Paulo, e chamado de “ladrão” e “vagabundo”. Os clientes do restaurante se referiam a ele como “Joesley”.

A reação dos cidadãos e cidadãs que se encontravam na churrascaria Barbacoa ocorre dois dias depois que um juiz federal de Brasília determinou a soltura de Joesley, alegando excesso de tempo de prisão sem sentença.

Wesley e Joesley, que são irmãos, comandaram um esquema de corrupção que, segundo eles próprios confessaram, subornou 1.800 políticos brasileiros.

Wesley aparece sentado a uma mesa acompanhado de outras pessoas e acabou deixando o restaurante acompanhado de policias militares.

A Polícia Militar confirmou ter sido acionada por volta de 17h20 deste domingo para atender a um chamado de que alguém estaria sendo hostilizado em um restaurante. Às 19h, a PM informou que o caso foi levado para o 14º DP.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.