Pressionada para livrar Lula, Carmen Lúcia afirma: “Corrupção é inaceitável, qualquer que seja sua forma”

O isolamento que a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, vem mantendo, desde que virou a mesa e decidiu não pautar qualquer processo que vise beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi rompido nesta quinta-feira (8).

A magistrada participou da cerimônia de lançamento do 15º Prêmio Innovare.

Além de Cármen, participaram do evento a procuradora-geral da República, Raquel Dodge; a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, os ministros Dias Toffoli e Luís Roberto Barroso, do Supremo, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia.

Ao fazer uso da palavra, a ministra fez a seguinte declaração, em tom veemente e com forte emoção:

“Corrupção é inaceitável, qualquer que seja sua forma. Não há justiça por corrupção, porque a corrupção é uma forma de prática de injustiça que nenhum cidadão aceita”.

Entre os presentes, a fala da ministra soou como um recado direto para Lula e para todos aqueles que tentam protegê-lo buscando evitar a sua prisão, inclusive alguns colegas lulistas do STF, como Dias Toffoli, que estava presente.

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Pressionada para livrar Lula, Carmen Lúcia afirma: “Corrupção é inaceitável, qualquer que seja sua forma”

  1. DUVIDO QUE A DIGNA MINISTRA CARMEM LUCIA CONSIGA RESISTIR AS PRESSÕES DOS COLEGAS ENVOLVIDOS COM O REI DOS LADRÕES, É MUITO DINHEIRO NA PARADA, SÃO BILHÕES DE REAIS DESPEJADOS NAS CONTAS

  2. Quem nos dera ter mais pessoas no governo com está dignidade com esta preocupação com a ética e a moral na politica, InfeLismente temos poucas Cármen Lucias por isso o país agoniza em um mar de lama, de corrupçao e ainda aparece muitos que se beneficia do dinheiro sujo da Corrupção, para defender seus protagonistas.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.