Justiça Federal de Brasília manda soltar criminoso Joesley Batista

O criminoso Joesley Batista, dono da JBS, ficou apenas 6 meses preso e já será solto por decisão da Justiça. A ordem foi expedida nessa sexta, 9, pelo juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, que também liberou da cadeia o ex-diretor da empresa Ricardo Saud.

No despacho, o magistrado diz que os dois estão presos há seis meses, prazo “muito superior” aos quatro meses previstos para a conclusão da instrução criminal. Ainda considerou a situação “flagrantemente aviltante ao princípio da razoável duração do processo”.

Joesley e Saud terão de entregar seus passaportes, portanto não poderão deixar o país sem autorização judicial. Também terão de comparecer a todos os atos do processo e manter os endereços atualizados.

As informações são da Folha de S. Paulo

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.