Lula ficará em campanha mesmo de dentro da cadeia, dizem petistas

Mesmo antes de o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negar o habeas corpus, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já vinha demonstrado em conversas com aliados estar conformado com a ideia de que será preso. A possibilidade cada vez mais real de uma prisão não deve, porém, alterar os planos de manter a sua candidatura. Petistas insistem que Lula se manterá em campanha mesmo cumprindo pena. O plano B do partido só será acionado se a Justiça Eleitoral cassar o registro da candidatura com base na Lei da Ficha Limpa. Nesse caso, os cotados para assumir a cabeça da chapa são o ex-prefeito Fernando Haddad e o ex-governador Jaques Wagner.

Os dirigentes do partido discutem um plano para o dia em que a decretação da prisão do ex-presidente for sacramentada. A ideia é que ocorra uma mobilização de apoiadores, mas os detalhes do local e da forma do ato dependerão da estratégia que o juiz Sergio Moro adotar ao expedir o mandado. Se mantiver a ordem em sigilo até o seu cumprimento seria complicado, por exemplo, realizar uma manifestação na frente do apartamento de Lula, em São Bernardo do Campo.

O que os dirigentes petistas garantem é que mesmo Lula dentro da cadeia, continuará candidato a presidente do Brasil.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.