Jaques Wagner indiciado pela PF pelo recebimento de R$82 milhões em propina e caixa 2

A PF indiciou criminalmente Jaques Wagner por recebimento de propina nas obras do estádio da Fonte Nova.

O Estadão informa que foram enquadrados também o secretário da Casa Civil da Bahia, Bruno Dauster, e Carlos Daltro, ambos ligados à OAS.

Indiciamento faz parte da Operação “Cartão Vermelho”, que investiga irregularidades nos serviços de demolição, reconstrução e gestão do estádio da Fonte Nova para a Copa do Mundo de futebol de 2014.

Wagner recebeu R$ 82 milhões segundo a PF.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.