Advogado de Lula pediu que Odebrecht expulsasse famílias sem-teto que atrapalhavam o Instituto Lula

O Antagonista informaque:

“O advogado Roberto Teixeira, compadre de Lula, pediu à Odebrecht que contratasse uma empresa especializada “em negociar desocupação” para se livrar de três famílias que ocupavam o imóvel da Haberbeck Brandão.

A informação está num e-mail de Paulo Melo a Marcelo Odebrecht. O executivo avisou que o custo para expulsar os sem-teto seria de R$ 200 mil – não há detalhes do nome da empresa ou dos métodos utilizados.

A ocupação adiou a assinatura da escritura do terreno que serviria para abrigar a sede do Instituto Lula. Como mostramos antes, José Carlos Bumlai também atuou diretamente no negócio, solicitando à empreiteira um apoio financeiro de R$ 40 milhões.”

É aquela velha história: a turma do Lula apoia a invasão dos sem-teto e dos sem-terra, desde que seja na propriedade alheia.

Veja o e-mail

teixeira-sem-teto.png

 

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta