Universidade Federal dará aulas sobre “golpe de 2016”

O site do ILSP informa que a tentativa da esquerda de transformar o impeachment constitucional de Dilma Rousseff em um “golpe” chegou às universidades estatais. A UnB (Universidade de Brasília) criou a disciplina “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil” para “entender os elementos de fragilidade do sistema político brasileiro que permitiram a ruptura democrática de maio e agosto de 2016, com a deposição da presidente Dilma Rousseff”.

Outro objetivo da disciplina é “analisar o governo presidido por Michel Temer e investigar o que sua agenda de retrocesso nos direitos e restrição às liberdades diz sobre a relação entre as desigualdades sociais e o sistema político no Brasil”.

A bibliografia da disciplina incluem textos de Ivan Valente (deputado federal do PSOL), André Singer (militante petista e porta-voz da Presidência da República no primeiro governo Lula, 2003-2007), dos blogs de extrema-esquerda Opera Mundi, Blog do Sakamoto e Carta Capital, além de diversos textos da editora socialista Boitempo.

O Instituto de Ciência Política da UnB está oferecendo 50 vagas para a disciplina, que será ministrada por Luis Felipe Miguel, professor titular da cadeira e autor de artigos em diversos sites de esquerda. O texto mais recente do militante socialista disfarçado de professor, por exemplo, afirma que “defender Lula é defender a justiça e a democracia“. Alunos de outros cursos também poderão se inscrever.
Fonte: ILSP

 

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.