Temer resolve acabar com Ministério dos Direitos Humanos e demite Luislinda Valois

Luislinda Valois foi demitida do Ministério dos Direitos Humanos hoje, informa O Globo. Gustavo Rocha, o secretário de Assuntos Jurídicos, assumirá a pasta interinamente, enquanto o Ministério será desmontado.

No ano passado, a desembargadora aposentada pediu para furar o teto salarial se dizendo vítima de “trabalho escravo” e para receber mais de R$ 300 mil em supersalários retroativos. Diante da repercussão negativa, desistiu dos pedidos.

Nas próximas semanas, a pasta de Direitos Humanos deve perder o status de ministério para ser incorporada ao Ministério da Justiça como uma secretaria.

A oposição encabeçada pelo PT e PSOL vê ligação da manobra com a Intervenção no Rio.

Com informações do Antagonista

Siga-nos no Facebook

7 Comentários em Temer resolve acabar com Ministério dos Direitos Humanos e demite Luislinda Valois

  1. Parabéns Michel Temer, sim, este Ministério de Direitos Desumano não funciona para nada a não ser para dar Direitos a Bandidos, agora sim funda o Ministério da Justiça e dar a vaga para os generais assumirem em favor dos Direitos do Povo e dos Militares! Adorei, assim eu acredito em você Presidente! O Brasil vai melhorar acredito em Deus e na Justiça!

Deixe uma resposta