Maduro se diz “comovido com massacre na Flórida” e pede paz

O ditador socialista Nicolás Maduro enviou “condolências” ao povo americano por conta do massacre na Flórida. O ditador escreveu:

Minhas condolências pela violência na Florida, EUA, que comoveu a opinião pública mundial. Esperemos que este mundo possa superar todas as causas que geram violência, morte e dor, para se concentrar em viver em um mundo de paz e respeito pelo ser humano.

Maduro sofre inúmeras denúncias e sanções internacionais por massacrar seu próprio povo através da fome ou da repressão ao implementar o socialismo na Venezuela, mas resolveu aproveitar o trágico atentado nos Estados Unidos para posar de humanista.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta