Gleisi diz que funk “Vai dar PT” é homenagem ao partido e é tripudiada nas redes sociais. Música só fala de bebedeira.

A senadora e ré na Lava Jato, Gleisi Hoffmann, presidente do PT, cometeu mais uma gafe.

Nessa sábado, fez um tweet sobre o encontro do cantor Léo Santana e o governador petista da Bahia Rui Costas dos Santos. Os dois estiveram juntos na quinta-feira, primeiro dia do carnaval, em Salvador.

“Reconhecimento da boa administração do governo do PT na Bahia…”, escreveu Gleisi, com o link para o site bahia.ba.
Onde está a mentira?

Uma das músicas do cantor Léo Santana é intitulada “Vai dar PT”. Não faz nenhuma alusão ao partido. Na realidade, “PT” é uma gíria usada para quem passa da conta na bebida e acaba passando vergonha. Pensando por esse lado, até tem algo a ver com a legenda de Gleisi, né? Mas, enfim, o que houve foi o seguinte:

Algum militante petista utilizou o título da música para a manchete da notícia compartilhada por Gleisi. Escreveu: “Léo Santana puxa “Vai dar PT” após cumprimentar Rui (Costa) no Campo Grande”. Gleisi pegou uma carona no oportunismo e mentiu que música era e homenagem ao partido e não sobre ressacas e bebedeiras.

Vamos analisar a “homenagem” do Léo ao PT:

“Foi pro baile muito louca/ Afim de se envolver/ Ela só tem 18 anos/ O que vai acontecer? Cer, cer, o que vai acontecer?”. “Vai dar PT, vai dar/ Vai dar PT, vai dar”.

Gleisi mais uma vez vê apoio ao partido que ninguém apoia.
As informações são do Correio Braziliense.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.