Alvaro Dias ataca Bolsonaro e reafirma que cidadãos não podem ter armas para se proteger de bandidos

Pré-candidato à Presidência da República, o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) sugeriu nesta sexta-feira (9) que seja feito exame de sanidade mental para candidatos ao ser questionado sobre uma declaração do também presidenciável Jair Bolsonaro (PSC), que propõe armar a população para enfrentamento com bandidos.

Na realidade, Bolsonaro apenas quer que os cidadãos de bem tenham direito a posse de arma para se defenderem da crescente violência no país.

Alvaro Dias chegou a ser bem visto pela Direita brasileira, mas quando lutou pela nomeação do socialista Fachin para o STF, o namoro acabou e foi abraçado pela esquerda.

Siga-nos no Facebook

15 Comentários em Alvaro Dias ataca Bolsonaro e reafirma que cidadãos não podem ter armas para se proteger de bandidos

  1. Prezado Senador. Admiro o Senhor, porém ao ser contra a liberação do porte de armas não mais o admiro, já que quero ter a possibilidade de me defender daqueles protegidos pelos direitos humanos, porquê essas vitimas da sociedade estão fortemente armados e me assaltam sempre!

  2. Deve se pensar muito bem, onde está a razão. Bandidos possuem muito mais intimidade com armas, e as manuseia com plática adquirida neste prazer… Não será luta de igual para igual… Um lado verá o massacre com naturalidade, e o outro justiça.. Justiça para alguns, será grito de vingança… O futuro que quer o senador é claro… Mas eu o quero presidente….

    • Sr José, os bandidos que o senhor imagina terem mais intimidade com armas, nada mais são do que meninos de pouca idade que sequer tiveram tempo para aprender a usar uma arma. Faça um curso de tiros e terá habilidade para isso.

  3. Senhor Alvaro Dias. Esta sua escolha de exame mental veio porque o mesmo bem anterior pediram exame mental do #PresidentTrump. Perdao, tinha meu voto, agora estou ciente quem Sr. Serve? —PT !
    Nao desejo dexar que Brasil passe pelo comunismo. —-Agradeco.

    • Sem dúvida ainda acho que é o melhor candidato. A notícia da República de Curitiba é tendenciosa, e não retrata a realidade.
      O Senado Álvaro Dias tem razão. O poder de polícia compete ao Estado e não aos cidadãos. Senão, voltamos a idade da Pedra novamente.
      Quem acompanha a carreira dele, sua luta contra o PT, sabe bem que que ele não é comunista como diz o Blog.

  4. O Semador Álvaro Dias tem toda a razão. O poder de polícia deve ser exercido pelo Estado.
    Se não for assim, voltaremos à Idade Média.
    República de Curitiba, essa foi a pior
    postagem de vocês desde que os sigo no Face.

Deixe uma resposta