Foi Dilma quem orquestrou aumento de gastos com auxílio-moradia para funcionários públicos.

Em 2016, enquanto ainda governava o país, a ex-presidente petista Dilma Rousseff atuou para aumentar o dinheiro gasto como auxílio-moradia para funcionários públicos. Seu indicado no STF, Luiz Fux estendeu o benefício a todos os juízes federais.

A jornalista Andreza Matais, do Estadão, escreveu:

“Na contramão das críticas petistas em relação ao pagamento de auxílio-moradia para o Judiciário, a ex-presidente Dilma Rousseff abriu, em um dos seus últimos atos de governo, em 2016, um crédito extraordinário de R$ 419,4 milhões para gastos com residências de membros dos Poderes Judiciário e Legislativo, além da Defensoria Pública da União e do Ministério Público da União.”

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta